Frases de Francis Bacon


Pesquisando Francis Bacon

Encontradas 37 ocorrências do total de 5,836 frases.
Mostrando de 1 até 35. (Página 1)

 001  A prosperidade é a benção do Velho Testamento - a adversidade, a benção do Novo.

 002  Os amigos são ladrões do tempo.

 003  O homem morre tantas vezes quantas perde amigos.

 004  O ambicioso não possui os seus bens - os bens é que o possuem.

 005  Os homens temem a morte, como as crianças temem a escuridão.

 006  O amor da pátria começa na família.

 007  Mais vale não fazermos nenhuma idéia de Deus do que fazê-la indigna dÊle.

 008  Nada, como pouco saber, faz o homem suspeitar muito.

 009  Com a vingança, o homem iguala-se ao inimigo. Sem ela, supera-o.

 010  O gênio, o humor e o espírito de um povo revelam-se nos seus provérbios.

 011  Quanto melhor o dançarino, pior o homem.

 012  Quem tem mulher e filhos deu reféns à sorte.

 013  Dá à fé o que a fé pertence.

 014  Não há homem que prospere mais rapidamente que o que se aproveita dos erros alheios.

 015  Tenho refletido muito sobre a morte, e estou certo, agora, de que ela é o menor dos males.

 016  É um estranho desejo buscar o poder e perder a liberdade.

 017  Quem não quer aplicar novos remédios deve esperar novos males.

 018  Na caridade não há excessos.

 019  O homem põe a sua ventura e a sua glória no que o atormenta.

 020  Quanto mais o homem sorve o mundo, tanto mais se intoxica.

 021  As nações são grandes máquinas que se movem vagarosamente.

 022  No Estado nada prejudica mais do que serem os astutos considerados sábios.

 023  O homem nada mais é que aquilo que sabe.

 024  A pior solidão é não ter amizades verdadeiras.

 025  A esperança é ótimo almoço, mas péssimo jantar.

 026  Gostaria de viver para estudar, e não de estudar para viver.

 027  Os filhos suavisam as penas, mas fazem mais amargas as desgraças.

 028  O ouro é como adubo; só presta, se espalhado.

 029  Já não é leve o perigo, quando parece leve.

 030  O respeito de si próprio é, depois da religião, o principal freio de todos os vícios.

 031  O que faz mal não é a mentira que passa pela mente, mas a que nela mergulha e se firma.

 032  Os desatinos da juventude são conspirações contra a velhice; pagam-se caro, ao anoitecer, as loucuras da manhã.

 033  Para dar ordens à natureza é preciso saber obedecer-lhe.

 034  Quem não quer pensar é fanático; quem não pode pensar é idiota; quem não ousa pensar é covarde.

 035  As casas são feitas para que as habitemos e não para que as contemplemos.

2 

1999-2019 Ponteiro® - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo desta e de outras páginas deste portal.     Os dados contidos nesta página são meramente informativos, podendo, os mesmos, sofrerem alterações sem qualquer aviso prévio.   Apesar de nosso zelo na coleta e manuseio dos textos, imagens e eventos, o Ponteiro não se responsabiliza por eventuais imprecisões ou publicação acidental de dados incorretos.
Nossa política de privacidade: não coletamos, rastreamos ou compartilhamos qualquer informação pessoal sua. Conteúdo isento de pornografia e outras bobagens, navegue sossegado e sem sustos :)
Hospedagem by Multihost Made in Brazil Seu IP : 18.234.51.17